Inicial

CIFA

O Colégio

O Colégio Rainha do Brasil é uma instituição de ensino mantida pelas Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora Aparecida. A fundação da escola em Porto Alegre ocorreu em 1° de março de 1956.

A história iniciou em 1935, quando as Irmãs Franciscanas-Aparecida assumiram a Pia Fundação de Nossa Senhora Aparecida, então administrada por seus fundadores, Heloísa e Paulino Chaves Barcelos. A Pia Obra iniciou suas atividades atendendo meninas em regime de internato. Com o passar do tempo, a Congregação aspirava uma educação qualificada para as internas, ao passo, que a comunidade da região necessitava a oferta de um curso ginasial feminino.

Assim, em 1956, sob a direção do professor Abílio Azambuja, com apoio de sua irmã, Madre Celina Azambuja, iniciavam as atividades do Ginásio Rainha do Brasil. O curso iniciou com 64 alunas em salas da Pia Fundação, mas com a procura crescente por novas vagas, um ano depois, era inaugurado o primeiro pavilhão próprio, atual Bloco Ir. Maristela Guerra, com nove salas de aula que em pouco tempo ficaram pequenas para abrigar as alunas. A Escola Particular da Pia Fundação permaneceu em atividade, atendendo as crianças da escola primária.

Em maio de 1962 ocorreu a inauguração das primeiras instalações que abrigariam em definitivo o curso ginasial, com capacidade para 500 alunas. Dois anos depois, foi inaugurada a segunda ala das instalações e o Salão Nobre, atual Auditório Me. Clara, com a presença da comunidade educativa, de autoridades políticas e do então governador do estado, Ildo Meneghetti.

A direção do ginásio implantou, em 1970, o 2º ciclo - clássico científico, atual Ensino Médio, alterando o nome da instituição para Colégio Rainha do Brasil. O curso funcionou por dois anos, até que a diretora, Irmã Ester e o conselho diretivo optaram por suprimir o 2º ciclo como forma de qualificar o ensino e a infraestrutura do 1º grau.

Em 1976, com a fusão da Pia Fundação e do Colégio, unificou-se a denominação da instituição para Escola de 1º grau Rainha do Brasil. Três anos depois, foi inaugurado o Ginásio de Esportes Madre Clara, hoje batizado de Ginásio Ir. Glória Foppa. Os anos que se seguiram foram de grande expansão física para atender as demandas da comunidade educativa e o crescimento exponencial do número de matrículas.

A denominação Escola de Educação Básica Rainha do Brasil só veio em 1998, na Nova LDB. Na virada para o novo milênio a Escola implantou o Ensino Médio e adaptou sua infraestrutura e seus processos pedagógicos para atender aos alunos do novo curso.

Hoje, o Colégio Rainha do Brasil - após mudança de marca e designação ocorrida em 2016 - é uma instituição de ensino reconhecida pela formação integral de seus alunos através de uma proposta formativa calcada em valores cristãos que favorece o aprendizado e a socialização no desenvolvimento do ser humano em todas as suas dimensões. Proporciona aos alunos uma ampla e completa infraestrutura e investe permanentemente da formação dos seus educadores e na qualificação dos espaços e processos pedagógicos para a constante promoção da Paz e do Bem.